Ilhas britânicas querem atrair gestores brasileiros