Quem Somos  |  Produtos e Serviços  |  Presidente  |  Nossos Escritórios  |  Contato
 
Notícias
Eventos
Clipping
 
 
Principal
Áreas de Atuação
Jurisprudência/Casos de Sucesso
Esportes
Doutrinas e Artigos
Informativo Tributário
Notícias
Clipping
Eventos
Publicações
Representantes
Área Restrita
 
 
Pesquisar
 
 
 
Domésticas respondem Guedes: 'Disney, só se for para cuidar dos filhos dos patrões' - 14/02/2020
tado em 13/02/2020 18:16
A Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad) emitiu, nesta quinta-feira (13/2), nota de repúdio à declaração em que o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o dólar alto não era um problema e que estava na hora de parar com a "festa" das empregadas domésticas indo à Disney.
 
A Fenatrad ainda afirmou que, com o atual salário da categoria, só dá para ir para a Disney se for a trabalho, para cuidar dos filhos dos patrões.
 
“Com o salário que recebe uma doméstica neste país, a viagem à Disney só ocorre se for acompanhando os empregadores, para tomar conta de seus filhos. Ou seja, a viagem é a trabalho. O salário mal dá para garantir uma cesta básica, nem mesmo financiar um momento de lazer com a sua família”, afirmou a presidente da Fenatrad, Luiza Batista.

Hoje, as empresas domésticas costumam receber um salário mínimo, que foi fixado em R$ 1.045 neste ano. Mas, lembrou Luiza, mesmo que não tenham condições se presentear com uma viagem à Disney já que o dólar superou os R$ 4,30, podem gastar seu salário como quiserem.
 
"As domésticas contribuem para a economia mundial. Somos representantes da classe trabalhadora, e temos o direito de gastar o dinheiro como desejar”, disse.
 
A presidente da Fenatrad concluiu, então, que Guedes fez uma "declaração extremamente preconceituosa e infeliz" ao sugerir que as empregadas não deveriam ir à Disney.
 
"Como um representante do alto escalão do Governo Federal pode emitir uma fala discriminatória contra uma classe tão importante para a sociedade?", questionou Luiza, pedindo que o ministro da Economia respeite os trabalhadores. “É um absurdo um ministro da Economia falar tal asneira. Poucos dias depois de chamar os servidores de parasitas, esse cidadão choca de novo o país falando tamanha besteira”, acrescentou a secretária-geral da Fenatrad, Creuza Oliveira.


Fonte: Estado de Minas
<< Voltar
Édison Freitas de Siqueira Advogados Associados S/S - OAB/RS 22.136 - OAB/SC 22.281-A - OAB/GO 28.659-A - OAB/MG 92.047 - OAB/RJ 2.541-A - OAB/SP 17.2838-A - OAB/DF 2.074-A - OAB/MT 10.305-A - OAB/BA 23.016
A Ordem dos Advogados de Portugal - OAP/Lisboa 21.530L
Todos os direitos reservados © 2008
CA 91362
English version
Nosso trabalho e história profissional estão disponibilizados nesta página. Nossas atividades profissionais são reguladas pela Lei Nº 8906, de 04/07/1994, razão pela qual as nossas informações serão disponibilizadas mediante a comprovação de vosso efetivo interesse demonstrando a opção e a vontade de entrar no nosso site.