Quem Somos  |  Produtos e Serviços  |  Presidente  |  Nossos Escritórios  |  Contato
 
Notícias
Eventos
Clipping
 
 
Principal
Áreas de Atuação
Jurisprudência/Casos de Sucesso
Esportes
Doutrinas e Artigos
Informativo Tributário
Notícias
Clipping
Eventos
Publicações
Representantes
Área Restrita
 
 
Pesquisar
 
 
 
Bolsonaro rejeita 'pacto assinado no papel' e cobra exemplo dos Poderes - 04/07/2019
Em discurso feito em um evento de militares em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira, 3, que "a política mudou", rejeitou a necessidade de um "pacto assinado no papel" e cobrou que os poderes Executivo e Legislativo deem o "exemplo".

"Nós não precisamos de pacto assinado no papel. O pacto que nós precisamos, com o Poder Legislativo e com o Poder Executivo, é o nosso exemplo, de votarmos matérias, de apresentarmos proposições que fujam do populismo, que estimulem cada um que é responsável por receber aquilo que recebe pelo suor do seu rosto", disse o presidente.

A declaração foi dada um pouco mais de um mês depois de os três poderes da República - o Executivo, o Legislativo e o Judiciário - terem negociado um pacto que representou um compromisso das instituições com as reformas prometidas pelo governo.

Em uma crítica à classe política, o presidente afirmou que é preciso "sair do papel" e "sair do discurso fácil de político". "Temos que dar o exemplo, o Executivo e o Legislativo, e daremos exemplo, para o Brasil chegar ao local dos sonhos de todos nós", declarou.

Bolsonaro também disse que o povo brasileiro é mais importante do que qualquer instituição. "São vocês que conduzem nosso destino, e é a vocês, somente a vocês, que eu tenho lealdade absoluta, contem comigo, porque eu sei que conto com vocês", afirmou.

O evento desta quarta-feira marcou solenidade de posse do novo comandante do Comando Militar do Sudeste, general Marco Antonio Amaro, que assume no lugar do general Luiz Eduardo Ramos, que será o novo ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, substituindo o general Carlos Alberto dos Santos Cruz.

Bolsonaro elogiou Ramos, contou que são amigos há 46 anos e disse que espera contar com sua ajuda para "resgatar a credibilidade de nossas instituições".



Fonte: Estado de Minas
<< Voltar
Édison Freitas de Siqueira Advogados Associados S/S - OAB/RS 22.136 - OAB/SC 22.281-A - OAB/GO 28.659-A - OAB/MG 92.047 - OAB/RJ 2.541-A - OAB/SP 17.2838-A - OAB/DF 2.074-A - OAB/MT 10.305-A - OAB/BA 23.016
A Ordem dos Advogados de Portugal - OAP/Lisboa 21.530L
Todos os direitos reservados © 2008
CA 91362
English version
Nosso trabalho e história profissional estão disponibilizados nesta página. Nossas atividades profissionais são reguladas pela Lei Nº 8906, de 04/07/1994, razão pela qual as nossas informações serão disponibilizadas mediante a comprovação de vosso efetivo interesse demonstrando a opção e a vontade de entrar no nosso site.