Quem Somos  |  Produtos e Serviços  |  Presidente  |  Nossos Escritórios  |  Contato
 
Notícias
Eventos
Clipping
 
 
Principal
Áreas de Atuação
Jurisprudência/Casos de Sucesso
Esportes
Doutrinas e Artigos
Informativo Tributário
Notícias
Clipping
Eventos
Publicações
Representantes
Área Restrita
 
 
Pesquisar
 
 
 
Dallagnol: para continuarmos avançando, precisamos de reformas contra corrupção - 01/04/2019
O procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da Operação Lava-Jato no Ministério Público Federal, defendeu na manhã desta segunda-feira, dia 1º, o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sergio Moro, como uma das medidas necessárias para que o combate à corrupção avance no Brasil.

A defesa foi feita durante o evento "Estadão Discute Corrupção", realizado na sede do jornal O Estado de S.Paulo em parceria com o Centro de Debate de Políticas Públicas (CDPP) para discutir as operações Lava-Jato e Mãos Limpas. O ministro Sergio Moro também participa do evento.

Dallagnol defendeu o pacote de Moro enquanto discorria sobre efeitos da Lava-Jato no combate à corrupção e os desafios para que continue exercendo esse papel. "Se queremos continuar avançando, precisamos de reformas, como o pacote anticrime", disse. "É possível, sim, o triunfo do retrocesso, a corrupção sempre contra-ataca", alertou.

Na avaliação do procurador, é possível observar dificuldades e desafios para a Lava-Jato, mas ele considera que é preciso reconhecer avanços. "O mais importante dos avanços foi o diagnóstico da grande corrupção brasileira", afirmou.

Dallagnol disse ainda que, sem renovação da política e das práticas políticas, "os sucessos da Lava-Jato tendem ao fracasso". Afirmou também que o Poder Judiciário não se sobrepõe ao sistema político. Além disso, declarou que execução provisória da pena é necessária para que delação não fique só no papel.

De qualquer forma, Dallagnol destacou o resultado das urnas em 2018 e disse que a renovação política não ficou só no desejo, mas foi para a prática, contrariando as previsões de analistas políticos.



Fonte: Estado de Minas
<< Voltar
Édison Freitas de Siqueira Advogados Associados S/S - OAB/RS 22.136 - OAB/SC 22.281-A - OAB/GO 28.659-A - OAB/MG 92.047 - OAB/RJ 2.541-A - OAB/SP 17.2838-A - OAB/DF 2.074-A - OAB/MT 10.305-A - OAB/BA 23.016
A Ordem dos Advogados de Portugal - OAP/Lisboa 21.530L
Todos os direitos reservados © 2008
CA 91362
English version
Nosso trabalho e história profissional estão disponibilizados nesta página. Nossas atividades profissionais são reguladas pela Lei Nº 8906, de 04/07/1994, razão pela qual as nossas informações serão disponibilizadas mediante a comprovação de vosso efetivo interesse demonstrando a opção e a vontade de entrar no nosso site.